Pictures of Lightning

Pesquisar este blog

Páginas

sábado, 27 de novembro de 2010

..BARRA PESADA..

Muitos se revoltam contra coisas tão
insignificantes... Quem sabe seria me
lhor trocar pelo seguinte.!.?............:
#Tá ouvindo o caminhão do trio elé
trico, Zinha?
*Claro, num sô surda...
#Então pega seu irmão e leva ele prá
casa da sua vó.
*Num sei o que esse muleque vê nes
sas magrelas de biquini..prá ficar dan
do cabeçada no portão.Também num
sei purque cêis fizeram filho duente....
#Vô fazê de conta qui num ovi o que
voce falô.
Mais uma veiz: Leva seu irmão imedia
tamente, antes que ele escute; senão
levo eu, du jeito qui tô vistida..purque
num dá tempo di mi trocá. Só que an
tes cê vai tomá uma chinelada na boca,
e quando eu voltá vai tomá diversas...
*Vamo, Nenê, passeá na casa da vó.
---------------------------------------

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

..duas fraquinhas..

Visão pernóstica:
Veja a polêmica sem nexo que o
carinha criou, e o que sugeriu...
'Equilíbrio' é um termo equilibrado?
A meu ver, não.!.  Existem 5 letras
antes do acento e 4 depois; o que
fá-lo pender para a esquerda. Em
vista disso, penso que a ortografia
correta seria 'Equilíbrium' , ou man
tê-lo na forma usual; sem acento...
------------------------------------
O #chato na casa do *curto e grosso
# Ô..colega.!. Voce se dá bem viven
do no interior? Eu não consigo. Cida
de grande é outra coisa. A gente acha
tudo que procura. Cidade pequena é
uma - - - - - . Não tem nada.
*Acho que voce está certo; em parte.
Lá tem tudo, mas tudo é longe..Aqui,
supermercado é ali, farmácia é ali, ci
nema é ali, Pronto Socorro é ali, hos
pital é ali, igreja é ali, posto de gasoli
na é alí, a porta da rua é ali......
--------------------------------------

terça-feira, 23 de novembro de 2010

..exaustão e desova..

aguenta

Como haver pureza, sinceridade, altruísmo,
etc.., no convívio, se a lei da vantagem, co-
mo tantos entendem, é soberana.!.?. O que
de sublime, fraternal, sincero..pode haver en
tre vitoriosos e derrotados.?.!. Somos iguais
onde.?. Na desventura, na agonia, na sarjeta.
No resto: diferentes, individualistas... Portan
to, menos falso, demagógico, ridículo...seria
frearmos a língua e os atos..diante dos pen-
samentos egoístas e mentirosos...em busca
de degraus mais altos. Pode até ser que eu
esteja aqui tentando vender um peixe sus-
peito...com este argumento melado....
--------------------------------------------
Existem as que apavoram, sugerindo pom
bos e cordeiros que nos arrancam da rea
lidade. E as que fascinam, nos levando às
farpas. Em suma, tudo são alegorias...
-------------------------------------------
Costumava o traupídeo deliciar-se com as
uvas, goiabas, abacates, mangas, etc..; até
o dia em que o machado fê-lo soltar seu
trino de despedida...
-------------------------------------------
O #macaco pro *leão:
#E aí, rei !?! Sempre rasgando o couro da
zebra !?!
*Ê !..Esse tempo já foi. Num tô rasgando
 nem carne de panela...
#E a esposa???
*Saiu atrás de carne macia..faz 3 dias...e
ainda não voltou. Talvez só esteja encon
trando duras...
#Pode crê que é isso, rei.!.
*Óóóó...Num bobeia..não..bichinho...
Insurtado, seu couro é mais molinho que
a carne que ela num tá procurando, hein.
-----------------------------------------
1 mes prá sair o pagamento é uma coisa.
Prá pagar uma conta é outra. Portanto, o
tempo é relativo...
-----------------------------------------
E Papai Noel parece ser ente mal-inten
cionado. Ao invés de tocar a campaínha
ele entra pela chaminé...
-----------------------------------------

domingo, 21 de novembro de 2010

..variedade..

Fato curioso: Qdo cultivava plantas, em deter
minada noite, sentado no quintal, eu observa-
va um vaso de zínea, com a beleza de seu ver
melho carregado..e tal...De repente notei que
suas folhas estufavam e encolhiam, estufavam
e encolhiam. Não sei se foi alucinação, ou na
verdade..respiravam. Depois desse dia, ten-
tei ver o mesmo em outros, porém não conse
gui mais...
-----------------------------------------------
O cara passou o dia inteirinho pintando. Qdo
terminou, guardou as tintas, lavou os pincéis..
etc.. Enquanto limpava a paleta, notou que as
manchas não saíam totalmente. Passava solven
te, esfregava com bucha ensaboada, enxaguava,
tornava a esfregar, enxaguar, e nada...Isso o ir-
ritou. Abandonou novas tentativas..e foi dormir.
No dia seguinte as manchas não estavam mais
na paleta...
------------------------------------------------
Entre prazeres e amarguras..vamos tocando o
frágil barquinho de nossa existência...
------------------------------------------------
Tem coisas que são prá lá de delícia, não obstan
te condenáveis...
--------------------------------------------------
Dia do Juízo Final: O astro rei, em todo seu es-
plendor, rompe a penumbra da alvorada..como
gigantesca lanterna..à procura dos bons e dos
maus. De súbito, ofuscando-lhe a majestade,
vêm à luz densas plúmbeas nuvens; cúmplice
das trevas...
Não que isso tenha sido definitivo, mas a data
foi adiada......
-------------------------------------------------
Aula de Geografia:
Joãozinho!.. Onde fica a Fonte dos Desejos.?.
Fica no cérebro, professora...
-------------------------------------------------

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

..comentário..

"No ano 2525" - Denny Zager e Rick Evans
(1969)...por Franck Pourcel  (legendado)...
A meu ver.. música muito avançada..prá épo
ca. De natureza semelhante a "Kaos intro sce
ne" - Nicola Piovani, "Heaven" - Rolling Sto-
nes, "Atom heart mother" - Pink Floyd, dá a
impressão de que provem de outra dimensão.
Quanto à letra, não tenho certeza se é contem
porânea, ou se surgiu mais tarde..como perfei
to encaixe relacionado ao futuro que estamos
vendo agora; o que parece pouco provável..
..em vista da conformidade com o título.......
-----------------------------------------------

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

O lorde e o servo

# Stanley.!.
* Pois não, lorde...
# Vá até meu quarto pegar as lentes
escuras...
* Mas não tem sol, lorde. O céu es-
tá encoberto...
# Que o perturba quando não faz
observações, Stanley.?.
* Desculpe o deslize, lorde...Irei
imediatamente.
# Traga também a chave do segredo.
* Pronto, meu amo.!. Aqui estão.
# Muito bem.!. Agora dê às costas..
enquanto abro essa imponente porta
que voce, infelizmente, só vê tranca-
da, meu querido.!.
* Eu poderia contemplar, ainda que
por um instante, vossa monumental
riqueza, lorde.?.
# Tanta luz poderia cegá-lo, Stan.
------------------------------------

..à procura do rodo..

O #cidadão entra no empório e pega
um desses *atendentes brincalhões...
# Por gentileza, jovem: Voce teria aí
um rodo bem largo.?.
* Tenho de vários tamanhos. Este p/
exemplo.
# Muito estreito.!.
* Este outro.
# Não..não.. Preciso de um bem largo
* Prá que? Quando chove..inunda sua
casa?
# Pois é.!.Louvada  seja vossa intuição!
O que ocorre..na verdade..é o seguinte:
Quando faz sol, costumo esparramar as
notas no quintal, prá evitar que mofem..
E se, por azar, o tempo cisma de mudar
prá chuva, tenho que recolher o dinheiro
mais rápido que esses seus rodinhos......
-----------------------------------------

..banalidades..

Fulano diz: Não tenho condições prá
fazer o que gosto.. O outro: Procure
gostar daquilo que está dentro de suas
possibilidades; visão conformista e an-
tipática...
---------------------------------------
O cara tremia na seguinte frequência:
hhhhhhhhttttttttttttttttttpppppppp ...
---------------------------------------
Tem gente que quando está em alto as
tral, eufórico, a pressão sobe. E quando
deprimido ela fica normal. Há  "males"
que vêm prá bem...
---------------------------------------
Bom que o pior já passou. Ruim que o
melhor também...
---------------------------------------
O boy da cidade grande vinha com a
camionete na preferencial, devagarinho,
viu...Um jacuzinho com 'pois é' atraves
sa na boa. Tomou em cheio na lateral
do besourinho...Ficou preso nas ferra-
gens...O boy ainda teve a maldade de
meter a cabeça dentro do carrinho:
Como que o tio vai cortando uma ar-
téria..assim.?.?.
---------------------------------------

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

..por ora é só..

Se cada um plantasse uma árvore,
ela não alcançaria 1 m de altura....
------------------------------------
Não é isso ou aquilo...Nem aqui ou
lá...Onde me vejo é que é.....
------------------------------------
Acho que Da Vinci inspirou-se em
alguma cabra..prá pintar Monalisa.
------------------------------------
nobre reflexão: Fulano estava profun
damente concentrado..enquanto con
templava um coqueiro. Subitamente
arguiu-se: Como a seiva consegue
vencer a força da gravidade prá che
gar lá no alto???
-------------------------------------
Não sei onde..por aí..o dono de um
restaurante quis incrementar o colori
do das mesas..usando guardanapos
de papel celofane...Mas não foi uma
idéia feliz.......
-------------------------------------
E como dizem os radicais: águas pas
sadas não movem moinhos passados.
--------------------------------------

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

/ TRIBUTO À MANGUEIRA / piada e peste

!!!!!!!!!!!!  !!!!!!!!!!!!
---------------------

+Zé tinha um bar, e nos fundos um
salão onde pagava-se determinada
quantia prá jogar baralho.Certa noi
te, mesas ocupadas, um deles cha-
mou: #Zé,somos espíritos carentes
de luz.!.
+Vai lá Zinho, acende o resto...
------------------------------------

Peste negra na Europa

Uma hipótese como tendo sido a causa:
Muito rato...muito rato... Não sei quem,
como autoridade, determinou o extermí
nio.Portanto, veneno prá acabar com os
ratos...
Pronto! E a pulga? Ficou sem hospedei
ro, hospedou-se no homem. Aí então...
surge um conselheiro, ou expert no as-
sunto, e diz: Voces erraram ao dizimá-
los.Agora,prá mal da peste,repovoem!
---------------------------------------

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

...3 migalhinhas...

Tem gente que é oportunista até em
ocasiões impróprias, por ex:
No velório de Fulano, cidadão # diz
a *
#Pois é!.. Foi uma grande perda a
  morte de Fulano. Era boa pessoa,
  inteligente, culto; lia muito...
*É.!. Coitado!..A última palavra que
  ele leu foi  KRONE . . .
--------------------------------------
O cigarro chegou ao toco..e ele não
sentiu que o fumou...
--------------------------------------
- - - - imperial era o apelido de
Cleópatra em Roma...
--------------------------------------

..ossos da linguagem..

O portugues tem uns termos, que se a
gente usá-los em lugar de sinônimos +
acessíveis, pega mal..pô.!. Por exem-
plo: 1) Em meio a tantos 'impropérios'
'insultos'
2) Proceda a seu 'talante'=esta é grave
'critério'
3) 'Debalde' Fulano tentou salvá-lo
'Em vão'
4) Convém evitarmos 'quizilas' na reunião
'desavenças'
5) A 'protérvia' é muito comum em pes-
soas ignorantes=dá licença, né!?
'petulância'
6) A Bíblia diz que não devemos alimen-
tar 'vilipêndios' = nossa!
'desprezos'
7) Era 'mefítico' o cheiro exalado pela
'cardina'
'fétido' e 'imundície'
8) Fulano fica pondo 'óbices' em tudo
que pretendo fazer
'obstáculos'
9) Agiram exatamente a nosso 'malgrado'
'contra nossa vontade'
10) Louvado seja vosso 'alvitre'
'sugestão, opinião'
11) Fulano semeou a 'cizânia' entre seus
irmãos.
'discórdia'
12) Essa foi uma observação 'abjeta'
'desprezível'
13) Fulano dirigiu-me um 'opróbrio'
'insulto, injúria'
14) Saúde, felicidade, dinheiro, são
elementos 'precípuos'
'essenciais'
---------------------------------------

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

..inconvenientes da fonética..

O #iogue:
#Voce não se interessa por chakras?
*Tive várias..Vendi todas. Dá muito
  trabalho.
--------------------------------------
O #caipira tocando viola no banco da
praça..com o *compadre...
Passa um "boy de moto....
"e o rock, irmão.!.?.
#Foi operado..mas já tá bom..
*Quem é o bacana, compadre???
#Sei lá...Algum amigo do Roque...
--------------------------------------
A #mãe:
#Juninho!..Vai no açougue vê se o "Seu
  Zé tem patinho...
  Lá vai *Juninho...
  *Ô..Seu Zé!..Priciso entrá no seu quintal..
  "Entrá no meu quintal..prá que, muleque??
  *Minha mãe qué sabê se o Sr tem patinho..
----------------------------------------------
#Ô filho!..Pega a bicicleta e vai na chacra
da Dna Mélia...Pergunta se ela vai tê cabrito
no fim do ano...
Depois dum tempinho o moleque volta:
*Ela num tava lá..viu..mãe. Nem o bode...
---------------------------------------------
    

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

..filosofias..

Vós não o haveis de ver senão no
momento em que dele não mais
puderdes falar: pois seu conheci-
mento é um silêncio profundo, e
a supressão de todos os sentidos.

Hermes Trismegisto, Liv. X. 5.
----------------------------------
Reduz à humildade as idéias insen-
satas da tua vontade, e empenha-te
em subjugar a besta cruel. Estás pre
so à vontade; esforça-te em desatar
este laço que não poderia ser rompi
do. Tua vontade é tua Eva.

S.Boaventura, De Conversione.
------------------------------------
Faz pois do Eu teu archote, empreende
sem demora, torna-te sábio. Todos de-
feitos apagados, todas as corrupções
idas, tu chegarás a não mais nascer nem
envelhecer.

Buda
-----------------------------------------

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

..variedade..

Li numa enciclopédia, que muito da
bicharada aqui das Américas, veio
da Ásia, quando ainda não existia o
Estreito de Bering...
------------------------------------
Gosta de pintar..mas não sabe!?
Vai metendo tinta na tela; às vezes
sai alguma coisa que voce pensava
não ser capaz de fazer...
------------------------------------
Coisa comum entre o sol e o amor:
aglutinações e explosões...
------------------------------------
Sentido do sofrimento: de fora prá
dentro..
Sentido do prazer: de dentro prá
fora..
!?!? . . .
-----------------------------------
frase esquisita: Concordo que é
ridículo; nem porisso deixa de ser
uma aberração...
-----------------------------------
Imagina: Muro no mar para evitar
catástrofes com tsunamis...
Tá certo! Agora vem água com
tijolo...
----------------------------------

..uma fantasia e um displante..

Barco pesqueiro ancorado em mar profundo.
Enquanto aguardam o amanhecer, marujos jo
gam baralho. De repente sentem leve balanço
da embarcação, aumentando até quase levá-
los a pique. Aos poucos o intenso movimento
começa a ceder. Em direção ao horizonte, o
rastro das ondulações na superfície..seguem
até desaparecer. O que teria passado por ali?
----------------------------------------------
Fulano de Tal oficializou em Cartório..sua von
tade de ser cremado quando viesse a óbito..;
porque tinha medo de escuridão e bicho-papão
Quanto às cinzas, se de interesse da Igreja, ela
poderá usá-las na quarta-feira...
----------------------------------------------