Pictures of Lightning

Pesquisar este blog

Páginas

domingo, 21 de fevereiro de 2010

EXTREMOS



Eu e ela; uma criança de colo, passeando
em algum lugar desconhecido. Uma rua as-
faltada, que aos poucos ia se esburacan-
do,até terminar nos fragmentos da mureta
que dava à extensa praia. Ao fundo,o mar
calmo e silencioso...refletindo o tapete
brilhante da lua cheia...
Paramos entre duas construções. À direi-
ta,um sobrado.Portas e janelas fechadas;
não se via sinal de luzes.
À esquerda, dois compartimentos; térreo
e superior. Portões abertos, em seguida
a escada conduzindo ao interior.Subimos!
A porta estava aberta; entramos. O espe-
lho na parede do hall refletia o leve mo
vimento da folhagem dos coqueiros. Aden-
tramos o recinto pelo espaço lateral.Uma
ampla sala de paredes altas, com janelas
em formato de cruz... No centro jazia um
corpo. Fomos nos aproximando para ver de
perto. Não consegui definir se era homem
ou mulher.O luar, atravessando a cortina
colorida,cobria o rosto com uma sombra a
zulada. Notei em minha filha um olhar pa
ralisado. Ai..papai!,difuntinho azul;qui
medinho!Despertei com a festa das araras
no cajueiro. Ela ainda dormia...

Nenhum comentário:

Postar um comentário