Pictures of Lightning

Pesquisar este blog

Páginas

sábado, 27 de fevereiro de 2010

ALHOS e bugalhos



Coisa feia chamar a platéia de
"galera". No meu tempo não era
assim, não.. Galera era aquela
embarcação antiga,onde os galés
remavam..E ai daquele que fizes
se corpo mole;CHICOTINHO TÁ QUEI
MANDO..MAMÃE..POSSO IR.?.?.

(Tributo à Pimentinha)

ALHOS e bugalhos



Se tu não fosses linda como és..
Se tu não fosses o meu sonho em vão..
Felicidade..então;comigo ficarias..
Se fosse ilusão, aquele dia, que sem
querer olhaste para mim, não sentiria
esse amor..E prá sempre levou,toda fe
licidade,deixando apenas um sonho sem
fim... (O dolar furado)

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

SEM TÍTULO



Não sei!.?. Dá impressão que o principal
da vida consiste na busca de instantes,e
novos instantes...Tudo que vegeta cai no
convencional, no comodismo, no nada mais
vibra, na vontade interdita..A menos que
se encontre um amor, uma atração;de onde
sempre aflore coisas novas...como lenhas
a gerar chamas de coloridos variados . .

domingo, 21 de fevereiro de 2010

EXTREMOS



Eu e ela; uma criança de colo, passeando
em algum lugar desconhecido. Uma rua as-
faltada, que aos poucos ia se esburacan-
do,até terminar nos fragmentos da mureta
que dava à extensa praia. Ao fundo,o mar
calmo e silencioso...refletindo o tapete
brilhante da lua cheia...
Paramos entre duas construções. À direi-
ta,um sobrado.Portas e janelas fechadas;
não se via sinal de luzes.
À esquerda, dois compartimentos; térreo
e superior. Portões abertos, em seguida
a escada conduzindo ao interior.Subimos!
A porta estava aberta; entramos. O espe-
lho na parede do hall refletia o leve mo
vimento da folhagem dos coqueiros. Aden-
tramos o recinto pelo espaço lateral.Uma
ampla sala de paredes altas, com janelas
em formato de cruz... No centro jazia um
corpo. Fomos nos aproximando para ver de
perto. Não consegui definir se era homem
ou mulher.O luar, atravessando a cortina
colorida,cobria o rosto com uma sombra a
zulada. Notei em minha filha um olhar pa
ralisado. Ai..papai!,difuntinho azul;qui
medinho!Despertei com a festa das araras
no cajueiro. Ela ainda dormia...

A MANSÃO e a CHOUPANA



De um lado os recursos, o conforto,
a segurança, correria, pressão, co-
brança, stress;coisas do sistema vi
gente...
De outro a limitação,o calor exces-
sivo, a paz, mais tempo junto a nós
mesmos.. O bem-estar que a natureza
proporciona, mesmo aliado ao tédio
da rotina,ainda acho o sertão menos
agressivo..Porém cada um sabe o que
é melhor prá si.!.

SOBE DESCE



Efeito gangorra menos mal
Ruim é a outra ponta vazia;
a gente não sobe nunca...
Ideal é a diversão sempre
na horizontal...
Nem tão up,nem tão down...

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

CERTEZAS e dúvida



A energia solar aquece a água do
reservatório, é evidente...
A energia atômica move o submari
no atômico, idem...
A energia elétrica acende a lâm-
pada, idem...
A inspiração, a criatividade, os
cultos de adoração, dependem de
algum tipo de energia.?.
Se sim, qual.?.

domingo, 14 de fevereiro de 2010

escondidinhas COM LICENÇA



Confete: pedacinho colorido de saudade
(década de 50)

Voce já lutou com unhas e dentes para
conseguir algo,e uma vez em suas mãos,
deixar que caia? Magia de amor-romance

"You and me" and no movie star...
Alice Cooper

Cá estou diante de vós;fazei-me digno!
"Um homem chamado cavalo"

Seus cabelos brancos não é sinal de ve
lhice; eles são a prata que emoldura o
ouro do seu coração...
(anônimo)

Preciso de um canto longo, prá explicar
tudo que digo, prá nunca faltar comigo,
e lhe dar tudo que trago...
G.Vandré

Depois que voce se foi,os dias se tor-
naram longos..Ouço agora uma linda can
ção..Mas o pior de tudo foi ter te per
dido,quando as folhas do outono começa
ram a cair...
Nat King Cole

Love..is a game..that we play..all the
time.. There's no rules..in this game;
exit pride...
Majority One - "because I love" - 1971

- - - - - - - - - - - - - - - - - - -

hiroshima/nagasaki-genética bombardeada

Joãozinho?1? Quié mãe? Já deu milho pas
galinha? Ê..mãe! De grão em grão a gali
nha enche o saco...
Mãê.!.?. Quíqui ce qué? Abobrinha anda?
Claro qui não, né..Então tem uma sucuri
na horta...

O dinheiro abre todas as portas mas não
escancara nenhuma...

No espetáculo da carne o ingresso é o
osso...

Ô..tia.!?., qui hora é o comes-e-bebes?
Depois do culto.Pur que? Tá cum pressa?

sábado, 13 de fevereiro de 2010

CARNAVAL



A ti dediquei um romance, escrito
na serpentina que enlaçou teu cor
po..Emoldurei essa obra-prima com
flores-do-abismo..Hoje velho,can-
sado e decaído,te vejo ainda mais
exuberante na avenida das ilusões

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

INFORTÚNIO



Fim do outono...névoa gelada...
ruas e praças desertas...ruído
de folhas que o vento arrasta..
Depois o desalento...semblantes
petrificados aguardam a primave
ra fria...o verão tímido...Como
é triste a Hungria!

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

COM LICENÇA



Despertar as espadas, varrer
as efígies das encruzilhadas..

...e voar, onde o longe é pou-
co, cruzar os muros do além, e
assim voltar à Terra...E amar,
muito mais que poucos..

Que notícias me dão os amigos?
Que notícias me dão de voce.?.