Pictures of Lightning

Pesquisar este blog

Páginas

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

VERÃO NÓRDICO



Curto e fraco; às vezes bem aproveitado...

Época das gincanas em alto mar. Os parti-

cipantes seguem em embarcações até...os

pontos onde se encontra maior diversida-

de de cardumes... Aquela brincadeira de

quem pesca mais... quem pega o maior...

Chegando aos locais, solta-se os barqui-

nhos na água e começa a competição. Tu-

do sob controle e orientação de alguns

marujos.. Espécimes diversos, de portes

variados, capturam-se com facilidade. E

assim o dia vai passando...

Em dado momento, não muito distante

da hora do regresso, um dos marujos per

cebe ondulações na superfície, provoca-

das por leve ação do vento. Sinal certo e

inesperado, disse a um dos amigos.

No mesmo instante ordenou a todos que

atirassem no mar os objetos de metal...e

se agarrassem aos botes, afastando-se o

máximo das embarcações... Em seguida

olhou para o horizonte: um estreito bar-

rado escuro..e..típico. Não tardou, salta-

ram para a água. Nuvens acinzentadas

expandiam-se cobrindo o azul do céu...

Já se ouvia os estalos. As ondas se avo-

lumavam...fazendo com que os barqui-

nhos se dispersassem. Enquanto passa

va, a luz dos raios iluminava os destro-

ços de um barco atingido... Aos poucos

a tempestade foi se dissipando. A força

do vento em direção à costa ia reduzin

do a distância que estavam da praia...

Felizmente ninguem morreu. Seguran

do-se nos botes.., pedaços de madeira,

nadavam de encontro às luzes da orla.

Enquanto retornavam , uma garota

agarrada nas costas de um marujo,

perguntou-lhe: Que são essas garga

lhadas longínquas? São os deuses! Cos

tumam ironizar dessa forma, respon-

deu-lhe...



Ass/Jorge Alonso

Nenhum comentário:

Postar um comentário