Pictures of Lightning

Pesquisar este blog

Páginas

domingo, 1 de novembro de 2009

INESQUECÍVEL MR.MARKUS



"Pirata da perna de aço" ; assim passaram a chamá-lo no círculo militar onde servia

à Nação. Filho de ingleses, nascido e criado na Alemanha, acabou ficando por lá mes

mo. Durante a segunda guerra fôra membro da infantaria nazista na invasão da Polô

nia. Pessoa de espírito pacífico, de repente viu-se afastado de seus ideais. Certa noite,

acampados em território inimigo, ele mais alguns companheiros resolveram banhar-

se num lago próximo. Em dado instante um deles pisou numa mina; dois morreram

na hora, outros se feriram, inclusive ele, gravemente. Teve a perna esquerda atingi

da por estilhaços. Face aos precários recursos médicos no momento, foi necessário

amputá-la. Após a cicatrização colocaram-lhe uma perna mecânica. Caracterizada a

invalidez, o Estado achou por bem afastá-lo temporariamente. Poderia ser reconvo

cado mais adiante, para tarefas fora de áreas de combate. Enquanto inativo, recebia

modesta pensão, suficiente às necessidades básicas. Morava numa casa simples, si-

tuada no pavilhão térreo de um bloco de quatro andares, localizado num bairro da

cidade. Vivia só, dividindo o escasso alimento com um cãozinho viralata. Com o pas-

sar do tempo, a desilusão de certas velhices parecia instalar-se.. Exagerava na bebi

da; sentia que declinava. Por outro lado sempre fôra afeiçoado à pintura. Tinha seu

ateliê no cômodo que fazia divisa com a calçada da avenida. Comunicava-se ao res-

tante através de um corredor suspenso; embaixo era o porão do prédio. Primeira-

mente passava-se por uma saleta, vindo em seguida a cozinha, com uma porta à di

reita...dando acesso ao corredor que conduzia ao portão externo, e outra mais adian

te...a uma área de serviços. Finalmente..um pequeno quarto nos fundos, onde guar-

dava alguns apetrechos. Banheiro e dormitório situavam-se do lado oposto aos com

partimentos citados. Com exceção do ateliê, onde um amplo vitrô proporcionava ilu

minação e ventilação razoáveis, o restante da casa era mal arejado e deficiente em

luz natural. Markus, por sua vez, não conseguia os efeitos desejados em suas telas;

isso o aborrecia, frustrava-lhe os intentos. Chegava a moê-las com o dorso de um

machado. E assim eram seus dias: neurose, solidão, sensação de inutilidade, etc...

Certa noite, enquanto pintava, sentiu a irritação que vinha de sua incapacidade.

Completamente embriagado, não conseguia se concentrar. Lá fora, o animalzinho

gania insistentemente; o que o enfurecia ainda mais. Num movimento brusco, tom

bou o recipiente que continha aguarrás. Na ânsia em tentar evitá-lo, acabou derru

bando a tela do cavalete. Percebeu o desastre que lhe causava o álcool. Do lado de

fora, o coitadinho, com fome, com frio, não parava de importunar. Markus ergueu-

se da cadeira...descontrolado, transformado. O som dos passos anunciando sua a-

proximação provocou furor no cachorrinho. Latia seguidamente à espera de socor

ro. Seu dono, no entanto, dirigiu-se ao cômodo de despejos, apanhando o machado.

Em seguida foi abrindo a porta vagarosamente, até no espaço que permitiu ao ani

mal introduzir a cabeça. Quando tal se deu, pressionou-lhe na altura do pescoço,

imobilizando-o. Com o pé mecânico fez descer a cabeça do bichinho até encostá-la

no chão. Encaixou o dorso do machado no vão, usando-o como trilho. Depois, com

toda força, embrulhou-o em sacos plásticos, jogando-o no lixo. Foi para o quarto e

deitou-se. Não conseguia dormir nem pensar. Alguns dias depois, sentado confor-

tavelmente no sofá, notou alguém batendo discretamente no vitrô. Era o carteiro.

Correio, Sr! Queira por gentileza assinar o comprovante de recebimento. Havia a

sigla do exército timbrada no envelope. Um frio percorreu-lhe a espinha. Não ha-

via outra alternativa senão abrir e ler. Começava assim: Inesquecível Mr.Markus!

Lembra-se sempre a Alemanha de seus filhos, sentindo-se ao mesmo tempo hon-

rada e orgulhosa...em poder contar com vossos valiosos préstimos, em trabalhos

de alinhamento e socagem de mourões em seus campos de concentração; ativida-

de que casa perfeitamente com a privilegiada estrutura anatômica do vosso pé es

querdo. Deverá V.Sa. apresentar-se no destacamento mais próximo, dentro de

24 hs a partir do recebimento desta. Certa de vossa pronta providência, a Nação

o aguarda...tempestivamente.

ass. GG Wolfgang-chefe de recrutamento...

Nenhum comentário:

Postar um comentário